O dia em que Moisés falhou

21 11 2010

Ah, depressão….

A pobre senhora convocou sua filha para uma pequena reza de frente ao portão da UFPR e acabou que o o rapaz que trabalhava no local fechou o portão na cara da estudante e da mãe, enquanto elas terminavam a reza. Eis que a senhora protagoniza uma baixaria a níveis de quando descobriram que Maria Madalena era amante do Senhor Jesus o supremo.

Ahhhhhhh, que sensação maravilhosa saber que o ceticismo.net ira tratar disso mais cientificamente, porque eu realmente só consigo rir e rir e rir.

Eu não consigo imaginar o nível de maldade do cara que fechou a porta, mas o que eu posso afirmar com toda a certeza é que, não interessa se a mulher estava rezando, comendo, whatever, se existia um horário para ser cumprido, ele deveria ser cumprido.

~~~~SÓ DEUS POD ME JULGAR~~~~

Eu só queria entender a que níveis de sanidade estaria essa mãe, quando começou a bater no portão e a berrar enlouquecidamente na porta da faculdade. Ela realmente precisa de tratamento, porque um quero-quero faz menos barulho que ela, eu não consigo enxergar a estudante (talvez porque eu não paro de rir), e o pessoal fica observando o ataque de loucura da mulher.

“EM NOME DE JESUSSSSSS ABRAAA ESSA POOOORRRTAAAA”

Where is your god now? É galera, ela apelou tanto para o criador, que o cara reportou ela por spam e com certeza foi banido do reino dos céus.

A única coisa que me veio a cabeça quando o vi foi: THE BEST EVER GREATEST HIT FROM INTERWEBS.





“Robocops” do Brasil.

18 11 2010

Quando você é criança e vê aqueles filmes policiais, você se imagina um dia prendendo um criminoso famoso, cheio de crimes nas costas e com cara de mau e você vai alimentando essa vontade de ser policial até crescer e saber que ser policial é muito mais do que prender bandidos e sim, colocar a sua vida para proteger outras vidas, pois bem..

Em algumas poucas semana tivemos dois casos de policiais que foram mortos quando estava de folga por simplesmente: carregar sua arma.

Você que esta lendo agora pode achar essa atitude normal de um policial, mas eu vou explicar o porque eu acho isso a mais perfeita prova de que policiais são seres dominados por este poder de se acharem os “Robocop’s” Brasileiros.

Policial dos sonhos...da polícia somente.

Policiais por natureza os que sempre sonharam com a profissão, são os que não se abalam pelo status perante a sociedade (leia-se os vagabundos nas ruas), a sociedade hoje em dia teme os policiais (tirando as velhinhas), quando você está perto de um policial, você não se sente seguro, você se sente pronto para alguma surpresa (ou ser abordado, ou estar na linha de tiro).

O assunto do post não é sobre o relacionamento sociedade x polícia, é sobre as atitudes policiais que levam a morte dos mesmos.

Eu só vou citar uma atitude neste post, porque foi ela que me motivou a escrever este texto.

Eu não achei o vídeo do policial morto no site da Band, porque o site é HORRÍVEL, e os arquivos são mal armazenados e classificados então vou tentar resumir o que eu ouvi no dia.

Um policial foi morto em Santo André, enquanto estava esperando sua mulher na porta de um apartamento que sua mulher estava vendo para comprarem. Dois rapazes de moto passaram, o viram e o abordaram para um assalto, ele não reagiu, mas os bandidos encontraram sua arma dentro de sua bolsa e ele falou que era policial, com esta informação os bandidos decidiram mata-lo a sangue frio.

Mediante os fatos (policial morto) colocaram todas as tropas na rua, até quase o exército para pegar os infratores (assassinos)

Até então, a indignação também caminhava comigo até o Datena dizer que: – “O recém formado tenente, foi morto quando estava de folga, os bandidos encontraram a arma dele em sua bolsa”.

Não quero fazer “Datenices” aqui, quero só julgar o comportamento de policiais como este, que em seu dia de folga, saem com objeto de trabalho.

Para mim, um policial que sai armado em dia de folga é como um empresário que vai para o litoral com a família e leva o notebook pra praia.

Se eu perguntar o porque que ele sai com a arma no seu dia de folga, com certeza terei respostas como:

  1. Prevenir qualquer roubo
  2. Proteger um civil inocente de um assalto
  3. bla bla bla

ALÔ, VOCÊ ESTÁ DE F-O-L-G-A MOTHERFUCKER!

Não quero saber se minha poderia ser salva por um policial de folga, se EU fosse um policial não colocaria minha vida DE FOLGA em risco por um civil, isso é a lei da vida amigo, ROBOCOP’S não existem.

Você policial, avistou uma situação de risco para um civil ou pessoa jurídica? LIGUE para a polícia, você está de folga, não precisa colocar sua vida em riso por isso.

Agora imaginem se o caso tivesse acontecido desse jeito…

Policial e esposa são mortos por assaltantes.

Policial que estava de folga com sua mulher vendo apartamentos, foi abordado em um assalto e os bandidos perceberam sua arma, o questionaram e ele disse que era policia, os bandidos o assaltaram e mataram os dois a sangue frio de frente as crianças que foram poupadas.

Será que com uma manchete nesse estilo, vocês aí entenderiam a minha opinião? Espero que sim.

O que não da, é continuar com essa palhaçada de que policial tem que andar armado 24 horas por dia.

Se vocês se lembram, a história do Robocop é de um policial que foi morto em combate, mas ele não estava de folga no dia.

Ser policial é uma profissão e não um hobby galera.





Como se livrar da morte em 5 passos

10 11 2010

Você está com problemas que podem acabar com a sua vida?
Você está com um pressentimento ruim esta semana?
Seu problemas acabaram – ok, esse texto não é da polishop.

Aloô galera emocore que está pensando em se matar, este texto é para vocês, só que ao contrário.

Venho por meio desta apresentar-lhes, 5 passos para fugir da morte. Tudo muito simples e eficaz, testado por 5 pessoas diferentes em algum lugar do mundo. A idéia é clichê pelo simples fato que de morte é um assunto meio passado, mas ta tranquilo.

O que vocês precisar é, se encontrar entre os 5 passos e descobrir qual deve usar para não se ver a 7 palmos debaixo da terra (alguém já contou se são 7 palmos mesmo?)

1º Passo para se livrar da morte

nem curto

Você está comendo aquele churros manero e no finalzinho ele cai no chão, logo a parte que se concentra a maior parte de recheio. O que você faz? Pega do chão e come, lógico. Mas, para você não morrer de intoxicação alimentar, você deve aplicar a lei dos 3 segundos, se o pedaço de churros passou de 3 segundos no chão você deve deixa-lo lá, caso contrário, não há problemas em testar seu sistema imunológico.

2º Passo para se livrar da morte

morra de rir

você encontra o Ary Toledo na rua e ele vem te contar uma piadela daquelas “””””””engraçadas””””””””, você está ciente que irá morrer de rir e bang, ai está o nosso foco. Você deve impedi-lo de te proporcionar tamanha felicidade e o que você faz? Primeiro narcolepsia kkk brincadeira, só conte uma piada bem fraca antes…

 

Um paralítico passeando com um cego, vê uma loira muito gostosa atravessando a rua. Para tirar uma com a cara do cego diz:
-Olha que loira gostosa atravessando a rua!!!
O cego muito puto responde:
Ah é? Então corre atrás dela!!!

ai ai, depois dessa acho que ele desistirá de te matar de rir e você estará com seus batimentos cardíacos controlados.

3º Passo para se livrar da morte

tetano free

Ah, digamos que você está em uma casa abandonada indo buscar uma bola em um verão cheio de surpresas e emoções (ok, sessão da tarde fail) e de repente pisa em um prego enferrujado que estava preso a uma madeira que você por já ser daltônico não viu. O que fazer? utilizar meu método anti-tétano for kids! Quando eu era criança, desenvolvi uma técnica ante-pregos no chão, simplesmente coloquei uma barra de ferro como palmilha e assim eu amasso o prego sem pegar tétano.

4º Passo para se livrar da morte

ai tem eyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyds

Ok, eu não preciso explicar muito para falar vocês entenderem que no primeiro bico do bebedouro contém aids. Devido a transição de diversas pessoas e todas elas colocando seus beiços que nós, não sabemos onde estava antes de bicar o bebedouro, devemos tomar as precauções para que não tenhamos que tomar cocktails sem vodka pro resto da vida.

Então o que vocês precisam fazer é apenas um trabalho de coordenação motora – com uma mão faça uma concha e com outra mão aperte o botão do segundo bico do bebedouro ( o que parece um Cisnei ) – e vualá (kkk), você está livre de aids gratuita em metros, terminais de ônibus e shoppings de São Vicente.

E para você que não segue este método:

abs aideticos

5º Passo e último para se livrar da morte

nao sonha glr

Ta galera, digamos que por alguma razão que Freud não explica, você está em uma linha de tiro e não teve acesso a pílula azul. Você provavelmente estará apavorado neste tipo de situação (não não, to tranquilão twitando do iPhone) então lhe apresento as maneiras de não ganhar uma etiqueta no dedão – matrix nesse caso não funciona amigo, o que você pode fazer é usar um outro compatriota como escudo e sair correndo igual a um louco, em determinadas situações você terá que oferecer algo em troca para não ser morto amg, acontece…

– Passa o redondo

– Pô, tudo menos isso..

– Vai car*lho

– Ta né… *abaixando as calças*

– WTF? Eu quero o relógio idiota

– Ops hehe, ok.

É galera, as vezes é preciso abrir mão de certas coisas pela sua vida.





As “mimimídias” internéticas.

4 11 2010

Eu bolaria um tipo de texto daqueles bem elaborados, com este tema sendo discorrido de forma prolixa e gramaticalmente correta, mas, estou de saco cheio disso, são 10 horas da manhã eu estou cheio de sono, não atualizo este blog faz 8 dias ou 1 semana e 1 dia, então não da para me cobrar muito.

O porque do título ser “mimimídias”? Porque é o que eu vejo, aquele ‘povinho’ ou poderíamos chamar de ‘panela’ na cara dura mesmo, é cheio de mimimi para com os “famosões” das midias digitais, mas o que eu sempre vejo é mimimi de TODOS os lados.

Banalizaram a palavra ‘troll’ de uma forma tão grande, que ‘troll’ virou um ‘foda-se’ já perdeu a força, então não da pra ficar usando isso contra esses grupinhos da internê…

Uma vez eu li uma frase mais ou menos assim – “se você tem avatar feito no paint e não é teletube vc é bbk”. esta célebre frase escrita por um ninguém aí, me deixou com uma questão: se somente lê e não escreve no teletube e tem avatar feito no paint você é bbk, mas se você não lê e não escreve, você continua bbk? E se você não lê o teletube e fala em ‘tiopes’ só de lekzuerage você na opinião dos SABIDOS de internet é um bbk e está imitando os teletube. Mais um mimimi CHATO de internet…

Os bordões do felipe o neto que o pessoal usa ‘SÓ PRA ZUA?’. Digamos que o felipe neto tem mais ou menos 50 haters na internet (que babavam o ovo na época do blog CR pelos RT’s) se esses 50 baba ovos tem mais ou menos 30 mil seguidores no total, vendo links do felipe o neto, bordões do felipe o neto e tudo mais, a quem você está ‘zuando’? Para mim você só propagou a “”””””””fama””””””” dele, Ronald Rios uma vez fez a dissertação mais perfeita que eu vi do felipe neto, cujo título era Felie O Neto mesmo, mas, depois disso só veio gente que só queria ‘zua’ e acabou propagando este dito cujo…

Isto me lembra a história da Tessália na internet, o pessoal ficava “trollando” por pensarem que ela era um fake e com essa marola toda de lekzuerage conseguiram com que ela fosse para o BBB amigos, Felipe Neto iria para onde agora? Pro Jô ele já foi, só falta aparecer no bem amigos e ser entrevistado no “De frente com Gabi”.

Aí, tem aquele pessoal do twitter que posta em blog e não gosta de ler o que os outros mandam para ele lerda, é engraçado isso, tem uma corja ai no twitter que guarda uma mention do Felipe o Neto de 1929 quando pedem para passar no blog dele lá pra “trollar”, entenderam a pegadinha?

Agora tem essas agências internéticas, com grupo de “”””blogueiros””””” (ou amBlogger) postando em conjunto, criando textos que falam nada com porra nenhuma, querendo lançar memes, isso é outra coisa que NÃOFAZSENTIDO [entra vinheta], o pessoal que se empenha em lançar memes, isso é tipo aquele gordinho que tenta inventar piada, mas nunca arranca um riso de alguém, mais forçado que isso só cocô na madrugada…

pega a senha ae fera

“O mimimi é a falta de argumentos para falar sobre algum assunto, mas quando falta conteúdo é o que? AGÊNCIAMENTO DE MIMIMÍDIAS INTERNÉTICAS”





Quarta-Cult com Rafael Oliveira

27 10 2010

O problema.

Pobre aranha, subiu tanto, e foi derrubada
espatifou-se no chão, coitada
machucou a perna, e o plano de saúde não cobriu nada
pobre aranha, prorrogou a construção da sua ninhada

Porém, 3 meses depois, após muito sofrimento
a destemida aranha sobe pela parede, confiante, focada
a ela não importa tamanho, largura ou comprimento
só quer chegar ao topo novamente, ser a mais adorada

Faltando pouco para seu maravilhoso feito
a pobre aranha é derrubada novamente
acha que cometeu o mesmo erro, acha que sabe seu maior defeito
trata logo de se curar, quer chegar ao topo, é isso que tem em mente.

E então, mais uma vez, a parede ela vai subindo
sobe com mais vontade do que nas vezes anteriores
tomando cuidado pra não errar, e continuar progredindo
quase chegando, derrubada novamente, só o que aparecem são choros, decepções e dores.

Abatida, mas ainda sim motivada a seguir em frente
apesar das dores, cicatrizes e o medo de fracassar novamente
ela tem um estalo. sorri como se houvesse visto um pássaro verde
o tempo  todo o problema não era ela, e sim, a parede.

Rafael Oliveira

twitter: @kaminart





Linkin Park comemora 10 anos do álbum “Hybrid Theory”

23 10 2010

Linkin Park, banda Califórniana de 1996, acumula nada mais nada menos que mais de 52 milhões de álbuns vendidos. Este álbum do Linkin Park chegou ao Brasil e dominou de forma arrebatadora os adolescentes que logo aderiram ao som pesado da banda. Com o estilo metal, chester e sua banda dominaram as paradas de sucesso com diversas músicas do álbum, a mais popular “In the end” chegou a figurar por muito tempo nos top10 da MTV, que teve um papel importante na propagação da banda pelo país inteiro.

O álbum mais querido entre os fãs.

Hybrid Theory foi lançado em 24 de outubro de 2000, é o álbum de estreia do Linkin Park, sendo o mais vendido da banda, cerca de 24 milhões de cópias pelo mundo inteiro, sendo disco de diamante nos Estados Unidos (mais ou menos 10 milhões de cópias vendidas só nos EUA). O Hybrid Theroy entrou na  lista dos 200 álbuns definitivos no Hall da fama do Rock and Roll.

Entre 1998 e 1999, este título era originalmente o nome da banda (anteriormente chamada Xero). No começo de 2000, graças a um caso de marca registrada com os produtores galeses de música eletrônica Hybrid, eles mudaram para “Linkin Park”. O vocalista Chester Bennington havia passado dirigindo perto de um parque chamado Lincoln Park (agora Christine Reed Park, em Santa Mônica, Califórnia) todos os dias após gravar, e sugeriu o nome. “Hybrid Theory” foi mantido como nome do álbum.

Linkin Park gravou este álbum sem seu baixista, Dave Farrell, quem teve compromissos anteriores naquela época. As partes do baixo foram, na maioria das músicas, gravadas pelo guitarrista Brad Delson, mas a banda também contratou dois baixistas para as sessões. Ian Hornbeck toca baixo em três músicas, mais notávelmente em “Papercut”, enquanto Scott Koziol toca baixo na qual se tornou o primeiro single americano da banda, “One Step Closer”.

Hybrid Theory é considerado o oitavo álbum mais popular de todos os tempos. Umas das revistas mais influentes de música, a Rolling Stone, entitulou o álbum de “doze canções de fogo compacto, misturando metal alternativo, hip hop e arte de picape, que não podem ser separados”. Hybrid Theory foi o álbum mais vendido de 2001 e lançou três singles que foram direto para as paradas incluindo “In the End”. Em 2002, a banda recebeu um Grammy de Melhor Performance Hard Rock por “Crawling”, além de indicações para Melhor Álbum de Rock e Melhor Revelação.

As músicas do álbum Hybrid Theory são:

  1. Papercut”  3:04
  2. “One Step Closer”  2:35
  3. “With You”  3:33
  4. “Points of Authority”  3:20
  5. Crawling”  3:29
  6. “Runaway”  3:03
  7. “By Myself”  3:10
  8. In the End”  3:36
  9. “A Place for My Head”  3:04
  10. “Forgotten”  3:14
  11. “Cure for the Itch”  2:37
  12. “Pushing me Away”  3:11

A nona música do álbum “In the End”, sendo considerada por 10 a cada 10 fãs a mais querida e mais tocada da banda, ficou por longos tempos no topo das paradas de diversos países e se tornou um hino dos fãs de Linkin Park. Ela foi por muito tempo a música de trabalho do grupo, sendo tocada em mais de 50 países.

Umas das maiores injustiças foi a música “A place for my head” não ter recebido um videoclip pela banda. É uma das músicas mais cantadas nos show do LP pelo mundo inteiro e está entre as top10 da banda pelos fãs.

De uma banda de garagem na California nos anos 90, Linkin Park tomou ouvidos pelo mundo por este álbum. Eu sou fã de Linkin Park, e para mim não há álbum melhor do que este no estilo, que não tem muitos outros de sucesso, quando se mistura hip hop, picape e rock pesado, Linkin Park é referência mundial.

Mesmo sendo praticamente unica neste estilo, a partir deste álbum diversas bandas foram influenciadas, bandas como Limp Bizkit, P.O.D, Papa Roach, Julien-K, Three Days Grace entre outros.

Como fã, espero que a banda continue fazendo o ótimo trabalho que sempre fez, que continue produzindo álbuns cada vez melhores e que Chester nunca pare de gritar.

Por último deixo a música que eu mais goto do álbum, 1.”Papercut”.

PS: Se você é fã e tem um site/blog. ajude na campanha #HybridTheory para o TT e avise o pessoal da Linkin Park Brasil pelo e-mail > contato@linkinparkbr.com e sigam eles também http://twitter.com/#!/linkinparkbr

BlogBlogs.Com.Br





Leis do meu Brasil-sil-sil…

22 10 2010

O comerciante Edílson Alves de Araújo, de 39 anos, acusado de matar a tiros a ex-mulher, Maria Carolina Reis Café, de 30 anos, na frente da filha de 9 anos, não se apresentou à Delegacia da Mulher até a publicação desta matéria.

O assassinato aconteceu na última segunda-feira, quando Maria Carolina chegava no prédio onde morava, no Canal 3, em Santos. O advogado do indiciado informou que ele se apresentaria nesta quarta-feira à Delegacia.

Caso o acusado se entregue, ele não poderá ser preso por causa da lei eleitoral, que não permite que a prisão de eleitores seja feita cinco dias antes das eleições e nem dois dias depois.

Fonte: Jornal Atribuna

Esta notícia que acabo de ceder para vocês aconteceu na minha cidade (Santos/SP), no dia 29 de Setembro de 2010.

O fato do acusado se entregar não aconteceu e hoje ele é foragido como principal suspeitos de matar a tiros sua ex-mulher na frente de sua filha de 9 anos.

Lei 4737 (Código eleitoral), parte quinta, título I.

Art. 236. Nenhuma autoridade poderá, desde 5 (cinco) dias antes e até 48 (quarenta e oito) horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto.

§ 1º Os membros das mesas receptoras e os fiscais de partido, durante o exercício de suas funções, não poderão ser detidos ou presos, salvo o caso de flagrante delito; da mesma garantia gozarão os candidatos desde 15 (quinze) dias antes da eleição.

§ 2º Ocorrendo qualquer prisão o preso será imediatamente conduzido à presença do juiz competente que, se verificar a ilegalidade da detenção, a relaxará e promoverá a responsabilidade do coator.

Em mãos deste artigo de 1965, MIL NOVECENTOS E SESSENTA E CINCO, um homem matou sua ex-mulher  e não pode ser preso, por não ter sido pego em flagrante.

Como sabemos que todos os assassinos são boa praça, a polícia aguardava por uma boa ação, que ele simplesmente se entregasse a polícia local, após as 48 horas de encerramento das eleições.

Agora como o fato esperado carinhosamente pela polícia de Santos/SP não aconteceu, estão espalhando retratos dele pela cidade e pedindo encarecidamente para que ele apareça (QUE MEIGO).

O problema nesta história está visível. O maior culpado nesta história trágica é uma constituição ultrapassada com leis que não se apropriam aos tempos atuais.

Este homem hoje, poderia estar preso, vendo o sol nascer quadrado. Mas, está solto pelas ruas podendo cometer qualquer outra atrocidade.

Se este artigo está em vigor até os dias atuais para prevenir que tenhamos um número suficiente de eleitores para o pleito (como se o Brasil inteiro fosse habitado por bandidos, assassinos e estupradores), porque então não houve uma ATUALIZAÇÃO da mesma?

O meliante sendo suspeito ou não, merecia ter sido investigado e não liberado por conta desta lei enfadonha.

Eu não vou falar de quem propôs e quem promulgou esta lei, pois já devem estar nos braços de hades, então que os novos ladrões políticos, mudem esta lei de alguma forma para que casos como este, não ocorram de novo.

“E eu espero que prendam este melian, este marginal, este VAGABUNDO  me da iBagens…”








%d bloggers like this: